quarta-feira, 26 de junho de 2013

Preciso de visto pra ir à Europa?







É uma pergunta muito comum de quem precisa viajar e nunca veio, já veio e não tem certeza como são as coisas em outro país. O brasileiro tem meio que passe livre aqui nos paises da Europa por conta do acordo de Schengen, o acordo de Schengen é um acordo assinado entre os países da Comunidade Europeia, sobre uma política de livre circulação de pessoas no espaço geográfico da Europa, isto é, sem a necessidade de apresentação do passaporte nas fronteiras.


Atualmente, 25 países fazem parte do tratado, são eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça. Mas não pense que é só chegar assim e ir entrando também tem algumas exigencias que você tem que cumprir e substituem o visto.

*Passaporte válido por pelo menos 6 meses (pode variar para 3 meses, mas na maioria dos países é de 6);
*Seguro de Viagem no valor de pelo menos 30.000 EUROS; é baratinho no Brasil, dependendo do tempo que você vai ficar fora varia entre 100 e 500 reais
*Comprovante de que você tem dinheiro para ficar naquele país pelo tanto de dias indicado na sua passagem (varia de 35 a 50 euros por dia) cartão de crédito internacional ou cheque viagem
*Passagens de ida e volta compradas
*Comprovante de estadia em hotel e no caso e estar indo visitar parentes amigos precisa  da carta convite. O que é a carta convite? È um documento em que um cidadão Europeu ou Residente (que esta legalmente) se compromete e responsabiliza por um visitante.
O que tem que estar escrito nela?
A pessoa tem que escrever que se responsabiliza por você, menciona seu nome completo e numero de passaporte. Tem que mencionar o dia que você vai chegar e o aeroporto e quanto tempo. Lembrando que o tempo jamais pode ser o tempo Maximo que um turista pode ficar no país. Alem disto tem que estar todos os dados pessoais da pessoa que esta escrevendo a carta, endereço, telefone e documento de identificação.

A verdade é que podem te pedir tudo isso ao chegar no aeroporto, e podem não pedir absolutamente nada, o melhor é não correr o risco e levar tudo o que for possível pra garantir, tive ambas as experiencias de me pedirem tudo e não pedirem nada. Boa viagem!

E pra você que deseja saber mais sobre onde os brasileiros (e pessoas de outras nacionalidades) precisam de visto e onde não precisam tem esse site muito interessante, o Visa Mapper , o quanto a informação é acurada não sei dizer mais vale a pena dar uma olhadinha.



sexta-feira, 21 de junho de 2013

Calor na Alemanha?

Bom, essa não é minha primeira experiencia com Europa,  o outro local que passei um periodo extensivo de tempo foi na Finlândia então CALOR na Europa eu nunca tinha relamente experienciado, eu acho que muita gente pensa, e eu vou confessar que eu era uma dessas pessoas, que na Europa principalmente os países mais ''de cima'' não tem calor, ahhhh como estava errada... o verão começou aqui e com ele veio muito calor, muito calor mesmo, eu nascida e crescida em São Paulo não estou acostumada com o calor que faz aqui, essa semana os termometros marcavam 37 graus!!!! Eu sou daquelas que adora frio então eu fico meio perdida aqui sem conseguir curtir esse calor todo, mas ao mesmo tempo dizem que não dura muito esse tempo bom por aqui, veremos...
E o povo aqui CLARO, adora vai pra praia piscina e curte mesmo



quarta-feira, 12 de junho de 2013

Primeiras impressões sobre a Alemanha (parte 2)

É engraçado como algumas diferenças parecem bobagens mas para alguem viveu uma vida toda no Brasil tudo é novidade. Já fiz um post sobre isso você pode ler aqui.

11. Aqui na Alemanha tudo aqui fecha muito cedo e no domingo absolutamente nada abre, pra mim isso é super estranho, no Brasil sempre podemos fazer nossas comprar de ultima hora depois que chegamos (tarde) do trabalho e o domingo é como um dia comum pra maioria do comércio.

12-Não existe fila preferencial!
Tudo bem que aqui também não tem filas longas como uma das características principais, mas se for necessário esperar, todos tem o mesmo dever, podem se sentar nos bancos disponibilizados e esperar, eu particularmente acho isso excelente!

13-Estacionamento reservado para as mulheres

Uns dizem que é por uma razão outros que é por outra, mas o certo é que em todo lugar, assim como vagas para deficientes e idosos a vaga das mulheres estão reservadas e todo mundo respeita.

14-Por ter vivido em um país de tanta violencia não deixo de observar alguma coisa como o fato de que as pessoas sempre carregam dinheiro, aqui não é lógico ou esperado que todos os lugares aceitem cartão de credito ou débito, mas é claro você anda aqui as 3 da manhã sozinha sem medo de que nada aconteça (na maioria das cidades).

15-As máquinas

Uma coisa que eu achei muito interessante e estranho foi o fato de encontrar maquinas de doce, bem velhinhas colocadas nas paredes em vários lugares da cidade
Não sei se tem muita utilidade mas é bonitinha 

Máquina de camisinha
Muito prática pra quem está com pressa

E finalmente para os fumantes de plantão a maquina de cigarros, essa maquina tem uma particularidade importante, por ficar ao ar livre e sem supervisão você pode imaginar que qualquer criança chega lá com suas moedinhas e faz travessura comprando cigarros pra fumar escondido, não, você escolhe o cigarro, insere sua carteira de identidade pra provar que tem a idade legal e só depois consegue comprar o cigarro, muito legal  


E por íltimo e não menos importante a maquina de reciclagem que torna a reciclagem prática e acessivel do qual eu já falei em nesse  outro post .

As novidades nunca acabam e como eu sei que as pessoas adoram ler sobre essas coisas vou continuar postando enquanto estiver por aqui até a próxima!

quinta-feira, 6 de junho de 2013

As novas experiencias com a comida

Uma das coisas que mais desperta a curiosidade dos meus amigos e familia no Brasil é o que eu como aqui, como é o café da manhã almoço etc. Não dá pra negar que é uma parte muito importante da nossa vida, e uma mudança assim drástica precisa de um certo tempo de adaptação. A verdade é que
uma pessoa como eu que gosta de cozinhar e tem certo conhecimento sobre alimentos consegue se virar bem. Aqui eu encontro todos os ingredientes que encontraria no Brasil, infelizmente não com a qualidade e a quantidade que eu encontraria no Brasil, mas o suficiente pra cozinhar algo com o sabor de casa e é claro aprender a apreciar as coisas que eles tem aqui, abrir a mente. Pão francês, café com leite, frios, bom eu nem quando estava no Brasil comia um cafá da manha tão rico, sou fã do café preto puro pra ajudar a acordar e só, as vezes abria uma exceção claro, aqui o que eles comem muito é queijo, frios, linguiça, logo de manha algo que tirando o queijo eu não me acostumaria
Eu sou uma fã de sopas, e uma sopa muito boa que eu provei aqui foi a Spatze Uma sopa muito fácil de fazer e muito gostosa, mais conhecida como sopa de bolinha
Outra coisa que eu aprendi a gostar foi a bratwurst, feita na grelha e servida com acompanhamentos, delícia
No geral a culinária alemã é muito rica e uma amante da comida como eu fica feliz :)