quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Encontrei Requeijão na Alemanha (ou a minha irresistível vontade de comer coxinha)


Ontem me veio essa vontade avassaladora de comer coxinha e eu logo fui procurar a receita na internet para matar quem estava me matando. Pois bem, achei uma receita maravilhosa, fácil prática etc mas enquanto passava o olho pelos ingredientes, avistei: Requeijão! Poxa nunca tinha parado para pensar se aqui existia requeijão, adoro requeijão e queria fazer a coxinha certinha como mandava a receita! 


Googlei aqui, googlei alí, consultei o namorido e pimba descobri o nome: Schmelzkäse, no pote vem escrito Sahne e embaixo Schmelzkäsezubereitung. 

Particularmente achei o gosto e a textura idênticos ao requeijão da terrinha. Tem várias marcas, eu comprei esse aqui (comprei no Rewe e paguei 0,79€ o pote de 200gr) :


Já a receita da coxinha eu fiz essa aqui, para empanar usei a Paniermehl (aquela mesma de fazer Schnitzel) ficaram muito gostosas e olha que eu nunca tinha feito coxinha na vida! A cara delas pelo menos ficou boa né: 



Bis Bald!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Hamburgo pretende cobrir parte de sua Autobahn e construir parques e áreas verdes





O plano de Hamburgo para esconder a sua auto-estrada embaixo da terra e cobri-la com espaço verde irá reconectar uma cidade dividida.


Quando a auto-estrada A7 foi construída em Hamburgo, ela cortou a cidade ao meio. Agora alguns bairros divididos estão começando a ser unidos novamente após a cidade começar a construção de três novos parques que irão cobrir integralmente partes da autobahn.

A rodovia é a mais longa na Alemanha e uma das mais movimentadas. Como o tráfego continua a piorar, a cidade percebeu que tinha que encontrar uma maneira de manter o ruído na área baixo o suficiente para atender às leis nacionais sobre a poluição sonora. Já que apenas paredes simples não seriam suficiente, eles decidiram transformar seções da estrada em túneis cobertos. O projeto pode reduzir o ruído nos bairros para quase nada.



Cada nova cobertura se estenderá ao longo de um pequeno comprimento de estrada e criará um novo parque, com grama, bosques, ciclovias, jardins comunitários e praças arborizadas. No total, os tetos vão cobrir mais de 2 km e vão criar mais de 60 hectares de espaço verde.


"Imagine que há agora um buraco grande, barulhento na cidade, cerca de 70 a 100 metros de largura, com carros, sujeira, barulho,  todo dia, 24/7/365", diz Reinhard Schier do Ministério de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Hamburgo . "Depois que a construção estiver concluída, haverá parques, jardins, tranquilidade, o canto dos pássaros, o ar fresco. E as partes da cidade no oeste e leste da autobahn vão se unir novamente."



O projeto também vai significar que a cidade terá mais espaço para uma população em rápido crescimento, uma vez que as pessoas estarão dispostas a viver ao lado da rodovia, de acordo com Schier. "Nós podemos construir mais de 2.000 novas casas", diz ele.

Enquanto o governo constrói as coberturas, também irão ampliar a auto-estrada para tentar aliviar o tráfego. Alguns dos novos parques vão esticar mais de oito pistas, fazendo com que os túneis sejam os maiores do tipo na Europa.

Claro, o projeto levanta outra questão: O que é melhor, transformar uma estrada em um túnel ou se livrar dela completamente? Enquanto outras cidades começam a reparar bairros dilacerados pelas vias urbanas desse modo, algumas estão se livrando dessas estradas completamente e se concentrando na melhoria do transporte público.

Cidadãos de Hamburgo não pretendem parar  de dirigir tão cedo. Ainda assim, os novos parques vão tornar mais fácil escolher entre se locomover a pé ou de bicicleta por toda a cidade e, eventualmente, se conectar com a  "rede verde", um plano para cobrir até 40% da área urbana em parques ligados por trilhas.

A construção começa esse ano, nas duas primeiras coberturas das autobahns, e o projeto será concluído em 2022.

sábado, 17 de janeiro de 2015

Como anda o inglês dos alemães?

Sem dúvida nenhuma se você quer morar em um outro país uma das melhores formas de se adaptar é falando a língua dos nativos mas em um primeiro momento é um conforto saber que você pode se virar falando uma língua que a maioria das pessoas compartilham nos dias de hoje, e essa língua é claro é o Inglês.  

Tema super importante também para os turistas profissionais que gostam de saber se vão ser bem atendidos sem falar a língua do país onde visita e não vai passar apuros.

Segundo pesquisa divulgada no último dia 17 pela "EF Learning Labs": Adultos alemães falam Inglês bem, e o nível de proficiência entre os adultos melhorou bastante nos últimos 7 anos. Frankfurt tem o melhor Inglês do país por uma margem significativa. Mulheres alemãs falam Inglês ligeiramente melhor do que os homens. A diferença nos níveis de habilidade entre os grupos etários na Alemanha é maior do que em qualquer outro lugar na Europa. Inglês ruim entre Alemães acima dos 45 anos é consequência do sistema de ensino pré-1989. O domínio do Inglês entre os jovens indica que a proficiência do adulto deverá melhorar na Alemanha nos próximos anos.

OS 10 PAÍSES COM MELHORES HABILIDADES COM O  INGLÊS DA EUROPA

1. Dinamarca
2. Holanda
3. Suécia
4. Finlândia
5. Noruega
6. Polônia
7. Áustria
8. Estônia
9. Bélgica
10. Alemanha

Na Alemanha os melhores falantes de inglês estão nas seguintes cidades:

1. Frankfurt
2. Colônia
3. Munique
4. Hamburg
5. Stuttgart
6. Düsseldorf
7. Berlim


O EF Índice de Proficiência em Inglês (EF EPI) é a mais abrangente classificação mundial dos conhecimentos da língua inglesa, entre adultos de todo o mundo. Para ler o relatório completo de EF EPI, com o ranking de 63 países e territórios, análises regionais, e as tendências demográficas, visite www.ef.com/epi. O EF Índice de Proficiência em Inglês é publicado pela EF Learning Labs, uma divisão da EF Education First.